A PORTA – Como se tornar um discípulo

a-porta

 

Chamamos de A PORTA às três realidades distintas que devem ser experimentadas por um discípulo, logo no início de sua vida com Cristo.

Elas foram apresentadas, pela primeira vez, por Pedro, para a multidão que o ouvia falar a respeito da vida, milagres, morte, ressurreição e exaltação de Jesus.

“Ouvindo eles estas coisas, compungiu- se- lhes o coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? Respondeu- lhes Pedro:Arrependei- vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.” Atos 2.37-38.

Eles perguntaram a Pedro o que fazer. E ele lhes declarou os três passos que precisavam dar:

  • O Arrependimento;
  • O Batismo em nome de Jesus Cristo;
  • O recebimento do dom do Espírito Santo.

A primeira e a segunda são as condições para entrarmos no Reino de Deus e a terceira é uma promessa de Deus para aqueles que preencherem as condições. Cada uma destas é importantíssima. Elas fazem parte dos fundamentos da vida de um nascido de novo.

Todo discípulo deve conhecer, experimentar e tornar-se um mestre a respeito destes assuntos. (Hebreus 5.12 a 6.2)

Esse é o conteúdo da Seção A PORTA: COMO SE TORNAR UM DISCÍPULO:

Arrependimento (1): O problema do homem

Arrependimento (2): O que é arrependimento?

Arrependimento (3): O que é necessário?

Arrependimento (4): Os três tipos de homem

Batismo (1): A prática de Jesus e apóstolos

Batismo (2): O discípulo é unido a Cristo

Batismo (3): Consequências da união com Cristo

O Dom do Espírito Santo (1): Uma experiência da entrada

O Dom do Espírito Santo (2): O que é o Batismo com o Espírito Santo

O Dom do Espírito Santo (3): Como receber o Batismo com o Espírito Santo

Você pode gostar...