Arrependimento (2): O que é Arrependimento?

arrependimento-dependenciaNo grego, a língua original em que foi escrita, a palavra arrependimento é a palavra “metanóia”, que significa mudança de mente, mudança de atitude interior. Que mudança é essa? É a troca de uma atitude de independência para uma atitude de dependência, da atitude de rebelião (faço o que eu quero) para a atitude de submissão (pertenço a Deus para fazer a sua vontade).

Arrependimento é mudança de atitude interior: deixar de ser independente para ser dependente de Deus.

Atitude Antiga

Atitude Nova
Rebelião

Faço o que me dá na cabeça

Independência

Submissão

Estou sujeito a Cristo em tudo

Dependência

Quando mudamos a nossa atitude para com Deus, mudam também os nossos atos. Quando mudamos somente os nossos atos (deixamos de fazer algumas coisas que consideramos muito erradas), mas continuamos, interiormente, com uma atitude de independência, estamos ainda em rebelião e necessitamos de arrependimento.

Vejamos, a seguir, a ilustração da árvore:

-arrependimento-atitude-atos

Na ilustração, os galhos representam os pecados (os atos pecaminosos) e o tronco da árvore representa o pecado (a atitude de rebelião e independência). Se cortarmos os galhos (os pecados), mas deixarmos o tronco (O pecado), o problema continua e logo os galhos vão começar a crescer novamente. Necessitamos de cortar o tronco. Como fazer isto? Arrependendo-se, isto é, abandonando a independência.

Pelo conceito comum, arrependimento é um mero sentimento de tristeza pelos pecados cometidos. Agora, Deus está nos revelando algo mais sólido: por meio do verdadeiro arrependimento, temos o nosso interior totalmente mudado, vivemos uma nova vida, estamos com uma atitude correta diante do nosso Senhor. Aleluia!

(Texto retirado da Apostila Princípios Elementares – Edição 2013
– Igreja em Salvador – Site Fazendo Discípulos)

Leia mais em:

Arrependimento (3): O que é necessário?

A PORTA – Como se tornar um discípulo

Você pode gostar...