Cristo: completa solução para o pecado (3)

 

O estado do homem depois da queda era terrível. O ho­mem não precisava só de arrependimento, nem somente de perdão. Precisava de uma restauração completa.

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3.16)

Certo dia um menino olhou para o alto de uma mangueira e viu deliciosas mangas. Mesmo lembrando-se das palavras de seu pai, que o avisara que não subisse na mangueira, pois era muito alta, ele resolveu fazê-lo. Subiu, subiu até que chegou a um alto galho. Porém, a manga mais atraente estava na ponta do galho. Quando se aproximou, o galho quebrou e ele caiu. Na queda ainda se lembrou das palavras de seu pai. O quadro foi terrível. Quebrou os braços, as duas pernas e o pescoço. Naquele momento, com o menino entre a vida e a morte, o pai se aproxima e quando vê seu filho, seu coração se agita. E o filho lhe diz: “Pai, estou arrependido! Perdoe-me.” O pai o perdoou. Porém, este filho necessitava mais do que arrependi­mento e perdão. Necessitava de socorro, ajuda e cura. Mesmo com o completo perdão, se o pai não lhe desse ajuda, aquele filho morreria.

Este é o estado do homem após a queda. Não necessita apenas de arrependimento e perdão para a sua dívida. Necessi­ta de restauração total para o seu estado.

Cristo é a única forma de
obtermos salvação do pecado.

A situação era tão grave, que Deus não podia apenas fazer reparos. O homem era irreparável. Necessitava de uma nova vida. Deus solucionou o problema do homem de forma plena e definitiva fazendo-o nascer de novo, por meio de Jesus Cristo.

Em Cristo, Deus resolveu os três aspectos do pecado. Já fomos livres da condenação do pecado – está consumada, passado. Somos libertados, dia após dia, da escravidão do pe­cado – acontece no presente. E seremos livres da habitação do pecado – no futuro, no dia em que o Senhor voltar. Vejamos as três soluções, em Cristo:

Primeiro

Solução para a Condenação do pecado: o perdão. Para nos salvar do castigo eterno, Jesus morreu por nós. Jesus mor­reu pelos nossos pecados. O nosso castigo eterno Jesus levou. (Is 53.5-6; Rm 4.24-25; 5.8-9). Esta é uma salvação passada. Já fomos perdoados. Este aspecto da salvação é chamado de justificação.

“Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.” (2Co 5.21)

Segundo

A solução para a Escravidão do pecado: a libertação. Para resolver o problema de nossa escravidão e nossa inutilidade, o que Deus faz: Jesus vive por nós. Somos unidos a Ele e Ele vive em nós. (Rm 6.5-13; Gl 2.20; 1Jo 4.9). Esta é uma salvação presente. Somos libertados do poder do pecado a cada dia. Este aspecto da salvação é chamado de santificação.

“… já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus…” (Gl 2:20)

Terceiro

Solução para a Habitação do pecado: a glorificação. Para colocar fim à presença do pecado em nós, um dia seremos glo­rificados, juntamente com Cristo, Ressuscitaremos e recebere­mos novos corpos sem pecado. (Rm 8.22-23; 1Co 15.51-57; Fp 3.20-21). Esta é uma salvação futura. Ocorrerá quando Jesus voltar. Este aspecto da salvação é chamado de glorificação.

“Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, se­gundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas.” (Fp 3.20-21).

Que completa salvação! Quanta graça e poder! O Pai não somente nos perdoou, mas também nos liberta, a cada dia, do poder do pecado e um dia nos glorificará, dando-nos um novo corpo sem a presença do pecado. Aleluia.

Estas verdades são a chave da vida cristã. Por isso, dedi­caremos as próximas lições para tratar em profundidade estes assuntos.

Só há uma solução para o pecado:
Jesus Cristo.

Veja o Quadro Resumo: As consequências do pecado e a solução em Cristo.

Para ver os demais posts sobre a Vida em Cristo, vá para:

(Texto retirado da Apostila A Vida em Cristo – Edição 2004
– Igreja em Salvador – Site Fazendo Discípulos)

 

Você pode gostar...