O que significa ser um discípulo?


o-que-e-um-discipulo

Comecemos com uma declaração objetiva:

Um discípulo é alguém que crê em tudo o que Cristo disse e faz tudo o que Cristo manda.

É importante entender que no contexto do Novo Testamento não existe alguém que seja convertido e não seja um discípulo. Convertido, salvo e discípulo são todos os termos que se referem a uma mesma pessoa, sendo que cada termo salienta um aspecto diferente da vida ou experiência dessa pessoa:

  • Salvo: Aquele que foi liberto da condenação e do poder do pecado.
  • Convertido: Aquele que passou por uma transformação de mente;
  • Discípulo: Aquele que é seguidor, submisso praticante do ensino do mestre;
  • Crente: Aquele que crê.
Um convertido é mais que um crente:
é um Discípulo.

Cada um desses termos tem um significado diferente, mas todos eles são aplicados a uma mesma pessoa. Se não entendermos bem isto, viveremos em confusão. É comum encontrarmos pessoas que se dizem convertidas, creem sinceramente que são salvas, mas que, contraditoriamente, dizem que o seu alvo é serem submissas a Cristo. O seu desejo é “um dia” serem consagradas e totalmente entregues ao Senhor. Ora, isso é uma grande confusão, pois como alguém é convertido se não se entregou total e incondicionalmente a Jesus Cristo (Mt 7.21), renunciando a tudo quanto tem (Lc 14.33) e a própria vida (Lc 14.26)? Tudo isso é condição para alguém se converter.

Sabemos, com tristeza, que um espírito de falsa profecia, semelhante ao que havia em Israel nos tempos de Jeremias, tem enganado a muitos. Naqueles dias, quando o povo estava sob a condenação de Deus por causa da sua rebelião, falsos profetas diziam que havia paz com Deus, levando o povo ao engano (ver Jr 6.14; 23.16-17 ). O engano impedia o povo de experimentar um verdadeiro arrependimento. Nesse dias, Deus está restaurando o entendimento do evangelho do reino, para que se cumpra a palavra profética de Ml 3.18. Aquele que pretende ser um convertido sem ser um discípulo inteiramente consagrado ao Senhor não encontrou tal pretensão nas escrituras.

Podemos nos referir a uma pessoa que está no reino de Deus usando qualquer um dos termos que aparecem nas escrituras, mas devemos nos acostumar a usar o termo discípulo porque:

  • 1º É o termo mais abrangente. Expressa com mais exatidão a realidade da vida de alguém que pertence ao reino de Deus.
  • 2º É o termo que Jesus, os apóstolos e os primeiros irmãos escolheram. O termo “discípulo” aparece 260 vezes no N.T., o termo “crente” aparece 15 vezes.
Um discípulo é alguém que se entregou
totalmente a Cristo.

“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando- os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”. Mateus 28.19.

(Texto retirado da Apostila Princípios Elementares – Edição 2013
– Igreja em Salvador – Site Fazendo Discípulos)

Você pode gostar...